quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Em combate a facção criminosa que age dentro e fora de presídios, MP e PM cumprem mandados em 15 cidades do RN



DROGA APREENDIDA NA OPERAÇÃO CANCÃO

O Ministério Público do Rio Grande do Norte e a Polícia Militar deflagraram nesta quinta-feira (28) uma operação denominada 'Cancão', cujo objetivo é combater uma facção criminosa que age dentro e fora de unidades prisionais potiguares. 
Ao todo, foram cumpridos 42 mandados de prisão preventiva e outros 65 de busca e apreensão em 15 municípios. O nome da operação é referência a uma ave típica do semiárido nordestino.
Até o momento, foram realizadas cinco prisões em flagrante por crimes de tráfico de entorpecente e porte ilegal de arma de fogo e de munições. Duas foram efetuadas em Carnaúba dos Dantas, duas em Currais Novos e uma em Parelhas. Além das prisões, também houve apreensão de 2 quilos de maconha na cidade de Cerro Corá. O nome da operação é referência a uma ave típica do semiárido nordestino.
Segundo o MP, a ação é fruto de uma investigação iniciada em 2017 para apurar a atuação da organização criminosa, principalmente em cidades da região Seridó. 
As investigações apontam que a principal atuação do grupo é a aquisição, transporte, armazenamento e distribuição de drogas na região. Além disso, a facção também é responsável por homicídios, roubos, furtos e lavagem de dinheiro.
Os mandados foram cumpridos nas cidades de Natal, Parnamirim, Caicó, Currais Novos, Parelhas, Jardim do Seridó, Lagoa Nova, Acari, Cerro Corá, Florânia, Tenente Laurentino Cruz, São Vicente, Carnaúba dos Dantas, São Rafael e Cruzeta. 
Fonte: G1 RN

Sem comentários:

Publicar um comentário