segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Grupo em carro de luxo explode agência dos Correios na Paraíba



Uma agência dos Correios da cidade de São José dos Cordeiros, no Cariri paraibano, foi explodida na madrugada desta segunda-feira (6). O grupo que realizou a ação chegou a cidade em um veículo de luxo importado. Segundo a Polícia Militar, os suspeitos conseguiram levar o dinheiro da agência. Quatro pessoas foram mantidas como reféns.
De acordo com as informações do Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), a explosão ocorreu por volta de 3h (horário local).
Um funcionário da empresa de segurança que monitora a agência percebeu a movimentação do grupo e acionou o órgão. A ação foi praticada por cerca de 8 homens que estavam em um veículo Land Rover de cor prata.
Na cidade, moradores comentaram com a polícia que ouviram os suspeitos reclamando que havia pouco dinheiro no local. Depois da explosão, o grupo fugiu por uma estrada vicinal que dá acessos aos municípios de Serra Branca e São João do Cariri. Os suspeitos espalharam grampos pelas vias, dificultando a busca policial. Até 6h20 (horário local), ninguém foi preso.
Enquanto isso uma caminhonete da equipe de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) da Polícia Militar capotou após se envolver em um acidente com um carro na Avenida Getúlio Vargas, no Centro de João Pessoa, no início da manhã desta segunda-feira (6). Na colisão, uma adolescente, de 14 anos, que seguia no carro da PM, ficou ferida. Ela foi socorrida pelo Samu e encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.
De acordo com o sargento Alberto, da Rotam, que dirigia a caminhonete, a adolescente que ficou ferida era sua filha. Ele seguia para a escola com a filha quando aconteceu o acidente. O sargento explicou que, por estar atrasado, avançou no semáforo quando ele estava no amarelo e acabou não dando tempo e sendo atingido pelo outro carro.
“Eu seguia um pouco rápido, o semáforo ficou amarelo. Pensei em ir um pouco mais rápido para dar tempo de passar pelo cruzamento, mas ele fechou e a senhora que estava parada no cruzamento acabou batendo na traseira. A caminhonete rodou, bateu no meio-fio e capotou”, explicou.
A condutora do veículo, assim como o sargento que dirigia a viatura, não ficaram feridos. A filha do policial foi socorrida com dores na cabeça e no pulso. Por volta das 7h10 (horário local) desta segunda-feira, o trânsito estava liberado na via e os veículos envolvidos retirados.
Fonte: G1 PB

Sem comentários:

Publicar um comentário