quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Sejuc conclui remanejamento de 163 presos entre a Grande Natal e Caicó



A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) iniciou na noite desta terça-feira (24) a primeira etapa do remanejamento de detentos entre os presídios do Rio Grande do Norte. O objetivo é separar membros de facções rivais a fim de dar um basta aos confrontos e mortes que vêm ocorrendo nos últimos dias. Segundo o secretário Edilson França, de 400 a 500 presos devem trocar de unidades carcerárias.
Na primeira leva, 71 detentos saíram da Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o Pereirão, que fica em Caicó, na região Seridó, para o Presídio Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta, na Grande Natal. De lá, 92 detentos fizeram o caminho inverso, ou seja, foram levados do Rogério Coutinho Madruga para o Pereirão.
Os remanejamentos foram decididos depois que seis presos foram mortos em confrontos envolvendo as duas facções. Na noite da segunda-feira (24), na tentativa de vingar a morte de um deles, membros de um dos grupos depredaram quatro pavilhões do Pereirão. Cerca de 200 presos queriam matar 60 rivais, que se isolaram em uma das alas e conseguiram escapar. Os detentos quebraram cadeados, arrancaram grades das celas, arrombaram paredes e incendiaram colchões e lençóis. Só o pavilhão feminino não foi depredado. Não houve mortes, mas 15 presos foram levados para atendimentos de primeiros socorros no Hospital Regional do Seridó.
Fonte: G1 RN

Sem comentários:

Publicar um comentário